Aos Colegas

(1)

Este momento é o mais importante de nossas vidas até aqui. Sabemos, portanto, que é apenas um passo de toda uma caminhada. E nesta caminhada estaremos sempre juntos, prontos a ajudar uns aos outros, pois durante estes anos de convivência, aprendemos os significados das palavras amizade e cumplicidade. Não nos tornamos amigos apenas porque tivemos a oportunidade de estudarmos juntos e viver quase as mesmas experiências, mas sim porque fazemos parte da mesma escolha, seguimos a mesma trilha, dividimos os mesmos sonhos, as mesmas decepções, e tivemos uns aos outros para apoiar, confiar e, acima de tudo, admirar. (Michelle Lucie A. Freitas)

(2)

Nossos caminhos se cruzaram diante de um ideal em comum e aqui estamos. Lutamos e vencemos! Daqui parece que passou tudo tão rápido… Quatro anos de convivência onde, sem percebermos, passamos a fazer parte das vidas uns dos outros e a compartilhar não só conhecimentos. Dividimos medos, incertezas e inseguranças. Somamos entusiasmos, forças e alegrias. Tornamo-nos amigos! E, como diria Mário Quintana, “A amizade é um amor que nunca morre”. Ficarão as lembranças e as saudades. Muito sucesso! Valeu!

(3)

Obrigado por acreditar em mim quando eu achei difícil acreditar em mim mesmo. Obrigado por dizer, algumas vezes, o que eu realmente precisava ouvir, em vez do que eu queria que você dissesse, e por ter me mostrado um outro lado a considerar. Obrigado por se abrir comigo, por confiar-me seus pensamentos, suas decepções e seus sonhos, por saber que pode contar comigo e por ter pedido minha ajuda quando precisou dela. Obrigado por ter posto tanta sabedoria, cuidado e imaginação na nossa amizade, por compartilhar tantas coisas boas e por marcar tantas lembranças sobre nós. Obrigado por sempre ser honesto comigo, por ser gentil e sempre presente quando necessito. Obrigado por ser um amigo e tanto para mim, de tantas diferentes e significativas formas. Obrigado!

(4)

“Pode ser que um dia deixemos de nos falar. Mas enquanto houver amizade, faremos as pazes de novo. Pode ser que um dia o tempo passe. Mas se a amizade permanecer, um do outro há de se lembrar. Pode ser que um dia nos afastemos. Mas se formos amigos de verdade, a amizade nos reaproximará. Pode ser que um dia não mais existamos. Mas se ainda sobrar amizade, nasceremos de novo, um para o outro. Pode ser que um dia tudo acabe. Mas, com a amizade, construiremos tudo novamente, cada vez de forma diferente, sendo único e inesquecível cada momento que juntos viveremos, e de que nos lembraremos para sempre”.
(Albert Einstein)

(5)

Há cinco anos fizemos a escolha. Não sabíamos direito o que vinha pela frente. Os períodos foram passando… Compartilhamos sorrisos, lágrimas, sonhos e decepções. Os que até aqui chegaram, que ergam o diploma e digam: vencemos! Durante esses cinco anos fomos chamados a questionar nossa ética profissional, a enfrentar as diásporas da vida… Mas de uma coisa tenhamos certeza: momentos como estes jamais se repetirão! Foram únicos e são inesquecíveis. E serão tais momentos a base desta nova etapa de nossas vidas. Que a amizade formada não seja diluída pela distância, mas sim eternizada pelo compromisso de nos encontramos mais adiante, em lugares onde somente pessoas de sucesso possam estar…

(6)

Quando estivermos subindo ao palco, com o coração a mil, com as mãos geladas e com um sorriso no rosto, talvez estejamos pensando que tudo tenha acabado… e neste momento de alegria, talvez nos bata uma certa nostalgia… mas ainda haverá tempo, pois a vida é um eterno recomeço. E mesmo que as dúvidas persistam, que a emoção nos cale e a esperança falte, mesmo que as palavras fujam, não importa… Ainda haverá tempo. Tempo para trocar o silêncio pelo sorriso, os punhos fechados pelos abraços abertos, para dispensar e acolher a cumplicidade, para pedir perdão e sentir saudades… de tudo e de todos. O abraço que nós demos, as risadas que nós permitimos, as pessoas que descobrimos, as festas que fomos e as que não fizemos. Foram reais o apego por uns, as reservas por outros e o amor por tantos. Em qualquer lugar onde estejamos, é impossível estarmos sozinhos, pois já carregamos na memória a companhia e a esperança alegre do reencontro. Por isso, nada de despedidas, nada de adeus, só um simples ATÉ BREVE!!!

(7)

O mesmo sonho nos uniu. Éramos desconhecidos e, por nossas afinidades, com o passar do tempo, formamos nossas “panelinhas”, nos tornamos colegas e “amigos-irmãos”. Enfrentamos juntos nossos medos e anseios, foram lágrimas e sorrisos, dores e vitórias. Muitos desistiram e nos deixaram ao longo da jornada e outros chegaram para nos fortalecer na batalha. Hoje nós agradecemos pelas horas, dias, meses e anos de estudo pesado, pelos “barzinhos” que foram confessionários de nossas dores, e coroações de nossas conquistas! Com nosso convívio aprendemos muito, nos moldamos. Durante o curso criticamos, choramos, discutimos, dividimos alegrias e experiências. Como poderíamos ser pessoas melhores, se não houvesse alguém a nos apoiar no momento certo? Como poderíamos chegar ao fim dos desafios, se não estivéssemos um ao lado do outro? Agora, cada um seguirá o seu caminho. Nosso abraço carrega a alegria pela vitória e a tristeza pela despedida. Que Deus nos permita levar para toda a vida os colegas e amigos que nasceram de nossa convivência. Hoje o que de início nos uniu irá nos separar, mas a saudade ficará como prova de que tudo valeu a pena. Parabéns a todos! A vitória é nossa!

(8)

O começo foi tímido, mas rapidamente fomos nos conhecendo e fazendo amizade. Logo criamos laços inseparáveis e imensuráveis. Fizemos amigos e companheiros, sendo que alguns permaneceram, outros vieram e marcaram, outros apenas vieram e se foram. Mas nunca nos esqueceremos dos momentos em que convivemos juntos, dos estudos na biblioteca, das confusões, discussões e gargalhadas. Agora estamos enfrentando uma nova etapa em nossas vidas, em que alguns permanecerão unidos e outros apenas encontraremos nos corredores do mundo. Mas valeu passar por tudo, tanto para o nosso crescimento profissional quanto para o pessoal, pois guardaremos no coração todos os momentos vividos nesses longos cinco anos – as tristezas, alegrias, encontros, desencontros, cada sonho construído e cada objetivo atingido. Assim, parabéns aos formandos da melhor turma de todos os tempos!

(9)

Quantas risadas, confidências, quantos cafés da manhã, festas, diferenças e trocas de experiências tivemos nesses cinco anos! Aprendemos muito juntos — a escutar, a conviver, a aceitar o que, às vezes, fugia à nossa vontade, a respeitar o outro na sua diferença e o real significado da palavra amizade. Com o convívio fortalecemos laços que vamos levar para além dos portões da faculdade. A vida nos uniu em busca de um ideal. Nessa busca, dividimos, doamos e absorvemos muito uns dos outros. As nossas fraquezas e a inexperiência de início de curso nos deram suporte para sermos mais fortes e corajosos agora e termos orgulho de dizer que somos colegas de profissão. Nossas lembranças se traduzirão em saudades que jamais o tempo apagará.

(10)

Chegou o grande dia e podemos saborear os frutos: conhecimentos, experiências e amizades. Com carinho recordo como tudo começou para que chegássemos até aqui. Foi uma longa caminhada, momentos vividos que nem sempre foram fáceis… Mas olhem para trás e diga se não valeram a pena os anos de estudo! As diversas teorias estudadas, as provas, as longas horas de estágios vivenciados, todos os pequenos sacrifícios. Os obstáculos foram superados e podemos compartilhar esta conquista! Vivam com felicidade esta realização, pois crescemos e hoje encontramos o que há de melhor dentro de nós! Nós vencemos!!! Saudades ficarão de tudo que desfrutamos, das diversões nas festas e das amizades das quais nunca nos esqueceremos. Mas essa foi apenas mais uma etapa de nossa grande caminhada. É hora de olharmos para frente e nos lançarmos em busca de objetivos maiores. É chegada a hora de nos separarmos, mas não diremos adeus, e, sim, apenas um até logo.

(11)

O tempo não foi pouco, dificuldades também não. De um lado tínhamos o apoio de nossas famílias, das pessoas que amamos e de nossos amigos. Do outro, não menos essencial, tivemos o apoio que demos uns aos outros, já que juntos enfrentamos muitas dificuldades até chegarmos aqui. Como dizer que somos todos iguais se nos defrontamos com contradições tão óbvias: temperamentos, talentos, inteligência e carisma? Fizemos parte de uma turma com opiniões diferentes, estilos de vida opostos e objetivos variados. Com o tempo aprendemos a conviver e a cultivar amizades respeitando as diferenças, ainda que não compartilhássemos das mesmas ideias. Grandes amizades nasceram. Podemos dizer que fomos muito mais que colegas nestes anos. Soubemos perceber o brilho que existe no outro e nos juntamos a ele por um fenômeno conhecido por AMIZADE e companheirismo. Alguns iniciaram a caminhada conosco, porém, infelizmente, houve aqueles que mudaram seus caminhos por opção ou por algumas dificuldades, mas com certeza permaneceram em nossos corações. Certamente nossos caminhos serão distintos, mas ficarão as lembranças e as descobertas que fizemos durante esse tempo que estivemos juntos. Em todos nós, que tornamos tudo divertido e especial, fica a esperança de sempre permanecermos unidos, afinal fizemos parte de uma mesma história! Compartilhamos problemas, dúvidas, segredos e emoções. Agora ficará a saudade. Crescemos, sonhamos e vencemos juntos. Parabéns pela nossa vitória!

(12)

5 anos de convívio! Somos pessoas mais completas, preparadas e maduras. Somos letradas na ciência do Direito! E agora…? Devemos parar para dizer o que está em nossos corações e deixar a emoção bater mais forte porque estamos formando. É chegada a hora de nos despedirmos, não com um adeus e sim com um até breve, pois nos reencontraremos nas demandas do dia-a-dia. Obrigada, colega! Obrigada, Doutor! “Formanda Karla Roberta Revert Mota”

(14)

“Ontem… Hoje… Amanhã… Ontem éramos calouros aflitos por novidades… Hoje somos formandos ansiosos por desafios… Amanhã seremos médicos… para sempre! Hoje nos separamos, mas nem mesmo a despedida, acompanhada da possível distância, conseguirá mudar em nós a lembrança. Pois maior que toda a dor da separação é a certeza de que permaneceremos unidos lado a lado, dentro de um mesmo pensamento.”

(15)

Desde o primeiro dia em que nos conhecemos, aprendemos a respeitar o jeito de cada um que doou um pouco de si mesmo e nos fez crescer. Apesar da heterogeneidade de pensamentos e emoções, fomos nos moldando e nos adaptando, para que a convivência se tornasse sadia e para que pudéssemos caminhar juntos rumo a esta vitória. Muitos desistiram, mas houve aqueles que nos momentos difíceis da vida puderam contar com o apoio dos colegas e isto os fez persistir. Agora, estamos nós aqui, orgulhosos por termos vencido mais esta etapa e ao mesmo tempo pesarosos por saber que vamos nos despedir. (Daniela Almeida Amaral)

(16)

“Saudade de um tempo que não volta mais, saudade de uma história que nós construímos e que hoje fica para trás. Lembram o bate-papo no corredor ? As confidências feitas na Rua do Lazer ? Os dissabores com um e outro durante a nossa jornada? Ficou para trás. As vezes que nos reunimos para uma cerveja após as aulas? O medo da prova? Estudar, senão reprova. Tensão. Passou? Vamos festejar. Ficou na lembrança. As confraternizações de fim de período geralmente organizadas pela “Turma da Lazinha”? Haja emoção. Nós somos tantos e ao mesmo tempo tão poucos. E de uma maneira ou de outra chegamos até aqui. Hoje fecha-se um outro ciclo que não volta mais. Disto tudo fica alguma saudade. Fica para trás um tempo bom! Beijos! Abraços! Sorte! Sucesso!” (Wesley Ramos de Lima)

(17)

Ficaram para trás as dificuldades superadas, o bate-papo nos corredores, a cerveja no bar, confusão, amores, dissabores, a criatividade dos gozadores. Fica para trás o sonho que se traz de se formar, de ser alguém capaz! Fica para trás o medo das provas, a correria para entregar os trabalhos, as brigas pelos melhores horários. Ficam as noites mal dormidas, os finais de semana roubados. A distância a nós imposta pelo fim desta etapa não vai ser muito grande “porque permanecemos lado a lado dentro de nosso pensamento”. Anos se passaram e um misto de prazer e ao mesmo tempo dor cheia de saudades fizeram-nos rir e chorar de uma só vez. Aí então percebi que as distâncias não separam ninguém, apenas tornam as lembranças mais vivas. Percebi que existem pessoas que se eternizam… e por se eternizarem não caberia nunca um adeus, mas sempre um sincero até breve. Kelly dos Santos Menezes

(18)

Há cinco anos, pessoas diferentes foram reunidas, chegaram sós, com olhares desconfiados, poucas palavras, sorrisos discretos, fomos nos conhecendo. Aos poucos, a convivência foi nos aproximando, as afinidades nos selecionando e a realidade nos amadurecendo. Foram muitos anos de convivência, revestidos por diversos sentimentos e momentos que partilhamos juntos. Conquistas alcançadas, opiniões diversificadas – discussões. O bate-papo nos corredores e nos bares, horas de estudo e tudo mais, que nos fez encontrar uns nos outros alguns amigos. Agora, finda mais uma etapa em nossas vidas, nossos corações se enchem de sonhos, expectativas, esperanças, mas também temores; inseguranças e ansiedades; sentimentos estes que são compartilhados entre nós. Afinal, mesmo que os nossos olhos nunca mais se cruzem, jamais estaremos suficientemente longe para sermos esquecidos. Sempre haverá respeito e muita saudade… Melhor que palavras, falam por nós a emoção, o silêncio, o sorriso, as lágrimas. Patrícia Juliana Guimarães e Juliana Maria Medeiros Reis

(19)

Nesse ano compartilhamos as mesmas angústias e sonhos. Rimos uns dos outros, criticamos e fomos criticados, passamos por experiências que nos aprimorou no difícil porém fecundo exercício da convivência. A todos os colegas que fizeram parte desta gratificante jornada desejamos sucesso em suas novas empreitadas, e, mais do que isso, quiça nossos caminhos novamente se cruzarem, que possamos olhar profundamente nos olhos do outro, dar um generoso abraço e dizer: Como é bom revê-lo, meu amigo!

(20)

Mais um ciclo se encerra para que outro se inicie. Mais uma etapa concluída. Mais um obstáculo superado. Em meio a tantas dificuldades, a tantos momentos difíceis, em que nos sentimos sozinhos e desamparados, vocês estiveram sempre aqui.

Foram muitas também as alegrias, os momentos felizes, as festas, os trabalhos, as recordações que levaremos para sempre conosco. Agora, precisamos partir, rumo ao desconhecido, rumo a um caminho de incertezas e inseguranças, rumo aos sonhos e às esperanças. Aqui vamos nós, rumo ao futuro! O que temos a fazer neste momento é agradecer-lhes por tudo.

Queridos amigos, isso não é uma despedida, mas sim um “até breve”, que esperamos que nunca se transforme em “adeus”.

(21)

Nossos caminhos se cruzaram diante de um sonho em comum.
Juntos rimos e choramos; compartilhamos cada descoberta, desafio e conquista. Valeu o sorriso aberto nos corredores e o semblante fechado dos que preferiram se isolar. Valeram as discórdias, as críticas e os abraços. Foram concretos o apego por uns, as reservas em relação a outros e o amor por tantos. Valeram as novidades, os conhecimentos adquiridos, as alegrias e as dores que tivemos. O que vivemos até aqui foi inesquecível. Nossas
lembranças se traduzirão em saudade e só se sente saudade do que realmente valeu a pena. Que o destino que nos uniu ontem, esteja sempre do nosso lado proporcionando muitas outras conquistas.
(Fernanda Salles)

(22)

Ainda há tempo…

Mesmo que as dúvidas persistam, que a emoção nos traia e a esperança falte, mesmo que as palavras fujam, não importa, porque ainda há tempo… para trocar o silencio pelo sorriso os punhos fechados pelos braços abertos, para dispensar a distancia e acolher a cumplicidade, para pedir perdão e sentir saudade de tudo, de todos.

Por que agora tudo faz falta:
O abraço que negamos, as risadas que não nos permitimos. Mas ainda há tempo, por que temos uma vida inteira para continuarmos amigos.

(23)

Inicialmente, éramos rostos estranhos unidos pelo destino de um mesmo ideal. Juntos, superamos obstáculos, compartilhamos momentos de alegria e angústia, convivemos intensamente, aprendemos e crescemos como ser humano. Enfim, construímos uma grande história de vida. É chegada o momento de realização, de colher os frutos. Vencemos! Mesmo que a distância e o tempo nos separem, jamais apagaremos de nossa memória essa etapa ímpar de nossas vidas. Seja qual for o destino a seguir, levaremos um pouco de cada um.
Danielle Marinho

(24)

No começo de nossas vidas acadêmicas não passávamos de estranhos com um objetivo em comum: tornarmo-nos economistas. No início, sinuca e outros esportes não olímpicos praticados em horas a fio passadas no DA… afinidades surgiram e sólidas amizades foram construídas. Com o curso, expectativas, sonhos e, muitas vezes, ilusões… De repente, nos vemos com vontade de aprender, crescer e construir. A transformação era imprescindível e acreditávamos, queríamos… amadurecer. Eis que nos parece surgir a verdade: não mais éramos como no início. Dúvidas nos atormentavam, mas a ânsia de buscar e encontrar nosso lugar nos empurrava para frente com tamanha força que nem notamos o tempo passar. As horas no DA se converteram em minutos cada vez mais breves e passamos a nos perceber mais afastados daquilo que éramos quando tudo começou. Conversas (ainda divertidas) não mais tomavam tanto tempo, eram levadas nos corredores, em intervalos de aulas ou pressionadas pelo curto horário de almoço… Já não é possível evitar… é chegada a hora de construir tão aguardado futuro. E, novamente, nos entreolhamos… já não é possível não ter saudades… Muitas amizades não terminam aqui, serão eternas, outras serão apenas interrompidas. Agradecemos ao passado que nos trouxe até aqui e nos uniu. Amamos o presente, que nos permite viver esse momento. Vislumbramos o futuro, onde cada um dará os passos a trilhar seu caminho. As recordações servirão para amenizar a saudade e nos lembraremos sempre de que nossa vitória foi, em grande parte, resultado da arte de nosso encontro, de nossos anseios, de nossa persistência… Sorte e sucesso a todos nós!

(25)

Ao olharmos para trás podemos perder a medida da distância da longa jornada que percorremos. Entretanto, vem-nos à memória o quanto nos custou chegar até o final, e, assim, pegamo-nos com a idéia de que tudo começara ontem. Podemos não ser mais as mesmas pessoas, mas somos colegas, ou melhor, amigos. Pessoas com histórias anteriores diferentes, que agora se confundem ao cruzarem com as histórias dos outros. Conhecemos uns aos outros, tornando o adeus cada dia mais difícil. Resta a saudade, a prova de que valeram todos os momentos que passamos juntos, na certeza de que nada irá adormecer dentro de nós.

(26)

No início, eram olhares curiosos, sorrisos tímidos e passos incertos na busca de um sonho que aos poucos foi se tornando realidade. Com o passar do tempo, as amizades foram surgindo e se tornando laços cada vez mais fortes. Fomos convivendo dia após dia e nos tornando uma grande família, cheia de alegrias, brincadeiras, problemas, mas sempre com um enorme carinho que sentimos um pelo outro. Neste momento de realização, devemos reconhecer o quanto fomos importantes uns para os outros, pois, nestes anos de convivência, muitos objetivos foram alcançados, muitas amizades floresceram, muitas vidas foram cruzadas. E hoje começamos a sentir saudades de todas essas pessoas que marcaram nossas vidas, tendo a certeza de que não nos encontramos por acaso, e sim por um plano de Deus em nossas vidas. Obrigada a todos por terem contribuído com os momentos inesquecíveis e fascinantes desta caminhada, que hoje se transforma em uma bela vitória.

(27)

No início era apenas uma sala cheia de estranhos, cada um de um jeito diferente. Muitos deixaram para trás casa, família, amigos, cidade e foram para Barbacena concretizar um sonho. Pouco a pouco, fomos nos conhecendo, fazendo amizade com uns, nos desentendendo com outros, mas sempre seguindo em frente. Passamos por mudanças, algumas nada agradáveis, e parte dos amigos que fizemos ficou para trás após a reforma curricular, que foi um desafio para todos.
Hoje, após seis anos de convivência, aprendemos a caminhar juntos, dividir alegrias, tristezas, muito estudo e diversão. Não foi fácil chegar até aqui, porém cada um de nós contribuiu para que não fosse tão difícil. E hoje chegou o tão esperado dia!
As lembranças que guardamos e compartilhamos juntos estarão sempre na memória de forma carinhosa e saudosa. Nossos momentos foram inesquecíveis!
Parabéns pelo fim desta caminhada e sucesso neste novo início.

Inspire-se com as mensagens que são usadas nos Convites de Formatura.

 

Mensagens Iniciais

Mensagens A Deus

Mensagens Aos que Amamos

Mensagens Indviduais

Mensagens Comissão

Mensagens Aos Pais ausentes

Mensagens Aos Pais

Mensagens Finais

Inspire-se!